Noticias

01/02/2018

Participação no Fru.to

Semana passada, com grande alegria, participei, em São Paulo, do seminário Fru.to, promovido pela Fundação Ata, de Alex Atala e Felipe Ribemboin. Foi um evento singular, encheu de esperança a todos e mostrou que existem saídas viáveis, factíveis, desde que acreditemos no mix mais decisivo que existe, que é a mistura da criatividade e trabalho duro e persistente. Fiz minha apresentação falando sobre a história e os desafios da Fundação ZERI Brasil, que comemora vinte anos agora em maio de 2018. A repercussão foi muito boa e fiquei muito contente com o resultado. No meu entender a melhor chamada à ação foi de Carlo Petrini, fundador do movimento Slow Food, onde ele colocou, de forma breve, os três grandes problemas que enfrentamos e as possíveis saídas. Um comentário en pasant: lembrei muito do nosso saudoso Lutzemberger, que nos seus últimos anos de vida indicava com clareza uma visão semelhante. Em primeiro lugar, as transnacionais tornaram-se o governo do planeta, fazem o que querem e como querem, venceram todas as fronteiras e dominam a todos, em função de seus interesses, temos a falência dos governos, servis ao capital e às grandes empresas. Em segundo lugar, não há oposição: ser de oposição tornou-se obsoleto e todos querem, isto sim, associar-se e locupletar-se no status quo, estar próximos do poder que se estabeleceu. Em terceiro lugar, de há muito que se produz alimento para vender, não para alimentar as pessoas, logo todos os raciocínios são de negócios, a ética e o compromisso desapareceram, assim a fome e a concentração de renda tornaram-se a regra, o sonho de todos é agregar-se aos poucos e esquecer os muitos. No caminho das soluções, ele advoga a volta ao local, às comunidades, à nossa organização com nossos vizinhos, pela solidariedade e compromissos mútuos. Ainda, acrescenta, a criação de laços e alianças entre as pessoas, a busca de interesses comuns e do trabalho coletivo. Finalmente, a energia da resistência e da força para inovar e ir em busca da vida plena e verdadeira é construído pelo afeto, que ele considera a energia fundamental que irá nos alimentar, de fato, para a construção de uma sociedade humana consistente e saudável. Lindas idéias e, no caso de Carlo, sua luta diária. O novo livro de Gunter Pauli, Economia em 3D, é prefaciado por Carlo Petrini. As apresentações no Fru.to foram realizadas por 30 pessoas, eu representei as idéias da Economia Azul e da Metodologia ZERI, estou feliz pelo convite e por ter vivido esta experiência. Abaixo uma foto com Carlo, com os organizadores e a tradicional foto coletiva, tirada na Fazenda TOCA de Orgânicos. Assim que estiverem disponíveis os vídeos, eu aviso

Deixar um coment√°rio

Livros

  • Upsizing

    Neste livro Gunter Pauli faz uma apresenta√ß√£o clara do que √© e como se aplica a Metodologia ZERI. √Č uma leitura que oferece dados sobre o que ocorre na a√ß√£o de transformar o modelo produtivo atual e avan√ßar para as solu√ß√Ķes integradas e sist√™micas de produ√ß√£o.
    Tamb√©m, sinaliza para as alternativas vi√°veis que venham a satisfazer as necessidades humanas por √°gua, comida, energia, moradia, vestu√°rio, sa√ļde, educa√ß√£o e trabalho, de forma sustent√°vel ao ambiente natural.

    Preço: R$ 20,00

    Comprar

Facebook